Observatório Luminar
Luminar é um observatório de mídia voltado para o acompanhamento sistemático da cobertura jornalística sobre políticas públicas. Acesse clicando aqui

Tecnologia à serviço do sistema público de saúde

Em 2002, o Conselho Federal de Medicina (CFM) do Brasil criou uma nova resolução propondo a implantação do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) no país. Esse sistema propõe uma certificação digital na qual fica registrado todo o histórico clínico de um determinado paciente. Tal registro pode ser compartilhado entre hospitais, consultórios, planos de saúde, entre outros, o que facilita o diagnóstico e o acompanhamento médico do indivíduo.

 

A ideia partiu inicialmente do Institute of Medicine (IOM), que definiu o PEP como um sistema de prontuário médico padronizado e digital. Através do PEP é disponibilizado um grande banco de dados clínicos de todos os pacientes, além de recursos de apoio à decisões médicas e alertas.

 

Dentre as vantagens da adoção do sistema, destacam-se a otimização de localização de informações do indivíduo, rápido acesso aos problemas de saúde, melhor legibilidade – uma vez que muitos prontuários atualmente são produzidos a mão,  o que dificulta a leitura -, segurança de dados, entre outros. Caso implantado, o PEP possibilitará o acesso remoto à esses dados por diversos profissionais, a qualquer hora e ao mesmo tempo.

 

Embora apresente inúmeras vantagens, , o projeto de inserção do PEP no Brasil se encontra parado desde 2012. Após a publicação da Cartilha do Prontuário Eletrônico, no mesmo ano, médicos e profissionais da área discutiram as diferentes realidades em que se encontram  os mais diversos hospitais brasileiros. Enquanto alguns já possuem sistemas similares, outros ainda não estão aptos à adoção das recomendações da CFM, uma vez que são  necessários o aparelhos eletrônicos, computadores e técnicos desse  sistema.

 

Para entender mais sobre o assunto, confira a multimídia produzida pela Conexões sobre o PEP.

 

 

 

Agência Conexões
agenciaconexoes@gmail.com
No Comments

Post A Comment